Press Releases

Champagne POMMERY Brut Royal para partilhar no dia mais romântico do ano

Para um evento romântico ou simplesmente para partilhar com quem mais se gosta, a Rozès sugere o Champagne POMMERY Brut Royal para as celebrações do Dia dos Namorados, a 14 de fevereiro.

cha

ROZÈS Porto 20 Anos e Quinta do Grifo Douro Grande Reserva tinto 2009 são as sugestões da Rozès para este natal

Neste natal, a Rozès sugere dois vinhos da Região Demarcada do Douro (RDD) para brindar junto da família e amigos. Trata-se do ROZÈS Porto 20 Anos e do Quinta do Grifo Douro Grande Reserva tinto 2009, desta empresa premiada a nível nacional e internacional.

Sem Título

Rozès apresenta vinhos no Porto & Douro Wine Show

Na oitava edição do Porto & Douro Wine Show, a Rozès participou nesta feira onde teve a oportunidade de apresentar os seus vinhos, na Cordoaria Nacional, em Lisboa. Recorde-se que recentemente o Rozès Porto 20 anos entrou para a lista dos vinhos vencedores na categoria “Fortificados” no concurso de vinho “Escolha da Imprensa” que se realizou no âmbito do “Encontro com o Vinho e Sabores”. A Rozès conquistou outros títulos ao longo de 2014, como é o caso da Grande Medalha de Ouro e título de Melhor Vinho Fortificado do Ano atribuídos ao Rozès Porto +40 anos no Concurso Vinhos de Portugal 2014 e as Grandes Medalhas de Ouro para o Rozès Porto + 40 Anos, Rozès Porto LBV 2007 e Rozès Noble Late Harvest 2008 no Mundus Vini 2014 na Alemanha, entre muitos outros.

pdws

Vinho do Porto Rozès associa-se à Regata Infante D. Henrique

Na quarta edição da Regata do Infante, a Rozès, empresa de vinhos do Douro e Porto premiada a nível nacional e internacional, apoia mais uma vez a iniciativa que decorre a 28 de junho, sábado, com início às 11h00. A Regata, destinada às classes de Cruzeiro (ANC, ORC e "SR - sem rating"), trata-se de um evento desportivo único em Portugal, que visa promover a prática da vela de cruzeiro, sendo esta uma prática desportiva ainda pouco enraizada no nosso país.

10404869 893516287341424 8147039230501332648 n

A IV Regata do Infante - Troféu Volvo é organizada pela Associação Náutica de Recreio (ANR) e pelo Sport Club do Porto, em colaboração com a Associação Regional de Vela do Norte (ARVN) e conta com a participação de veleiros de todo o norte do país.

No dia 28, às 11h00, dá-se a largada da primeira regata e às 16h00, da segunda. Os veleiros participantes vão subir as águas do Douro, de Matosinhos até à Ponte D. Luís. No final da competição serão atribuídos troféus aos três primeiros classificados de cada classe (ORC, ANR1, ANR2, ANR3), sendo ainda distribuídos prémios de participação por todas as embarcações participantes, oferecendo a Rozès alguns dos ex-libris produzidos pela marca. Esta Regata pretende tornar-se numa referência turística, tanto a nível nacional, como internacional.

Rozès reconhecida a nível mundial

Mais uma vez os vinhos do Porto e Douro da Rozès S.A foram galardoados em dois grandes concursos internacionais, no Mundus Vini Spring 2014, na Alemanha, e no Vinalies Internationales 2014, em França. Na primeira competição a Rozès granjeou três Grandes Medalhas de Ouro, as mais importantes no setor vinícola, e no segundo concurso arrecadou quatro medalhas de ouro. Para o presidente da Rozès, António Saraiva, "a conquista destes prémios é o reconhecimento do trabalho de alta qualidade que temos vindo a desenvolver com os nossos vinhos".

No prestigiado concurso Mundus Vini Spring 2014, destacam-se as três Grandes Medalhas de Ouro atribuídas ao Rozès Porto 40 anos, ao Rozès Porto Late Bottled Vintage Unfiltered 2007 e ao Rozès DOP Douro Noble Late Harvest 2008. O Rozès Porto Colors Collection Reserve granjeou ainda uma medalha de prata na competição. Neste concurso, outras medalhas de ouro foram arrecadadas pela Rozès com a gama Porto Colors Collection white Reserve, Rozès Porto Colors Collection Gold - 10 anos, Rozès Porto 10 anos Infanta Isabel e Rozès Porto Vintage 2007. As medalhas de prata também foram atribuídas ao Rozès Porto Tawny, ao Rozès Porto White e ao Rozès Porto 20 anos.

Já no concurso francês Vinalies Internationales 2014, além da medalha de prata conquistada pelo Terras do Grifo DOP Douro Grande Reserva Branco 2011, os vinhos Rozès somaram quatro medalhas de ouro com os vinhos Terras do Grifo Porto Vintage 2011, Terras do Grifo DOP Douro Tinto 2011, Terras do Grifo DOP Douro Branco 2013 e Quinta do Grifo DOP Douro Reserva Tinto 2010.

Rozès participou em pisa de uva soldária

2013 vai ser um ano especial para o Vinho do Porto. No último domingo, 22 de setembro, os principais produtores da Região Demarcada do Douro juntaram-se numa pisa de uva inédita e solidária, intitulada O-PORT-UNIDADE, para a produção de um Porto inédito. A Rozès não poderia faltar, representada pelo administrador António Saraiva, destacado para participar nesta iniciativa, cujos fundos revertem a favor da Associação Bagos d'Ouro.

O Projeto O-PORT-UNIDADE é organizado pela World of Port em parceria com a Niepoort e pretendeu promover a unidade dos Produtores de Vinho do Porto na criação de um Porto muito especial sem esquecer a vertente de responsabilidade social a que todas as empresas devem responder.

Sendo a Rozès uma das marcas de Vinho do Porto mais emblemáticas a nível nacional e internacional, não poderia faltar à chamada. Assim, no dia 22 de setembro, domingo, o administrador da Rozès António Saraiva juntou-se aos 20 produtores do Douro para integrar um lagar VIP onde foram pisadas as uvas de um futuro Porto Vintage 2013.

No dia da mãe Rozès sugere: Porto Infanta Isabel Tawny 10 anos

Foto II 10 Anos cEstojo

O Vinho do Porto Infanta Isabel Tawny 10 Anos é a sugestão da Rozès para brindar à melhor mãe do mundo. Sendo este um Porto que homenageia uma das mulheres mais emblemáticas da história de Portugal, conhecida pela sua generosidade, este é o néctar ideal para assinalar o dia da mãe, que este ano se comemora a 5 de maio. Envelhecido em cascos de madeira por um período médio de dez anos, o Porto Infanta Isabel Tawny 10 Anos é o resultado de uma rigorosa seleção de vinhos produzidos com as principais castas tintas da região do Douro.

Este vinho do Porto de cor vermelha aloirada é excelente como vinho de degustação, ideal para acompanhar chocolate, sobremesas doces e frutos secos.

No nariz é um vinho intenso e elegante, com notas de figo, noz, uva passa e aromas frescos e doces a lembrar a flor de laranjeira. Na boca, o Porto Infanta Isabel Tawny 10 Anos apresenta-se delicado e requintado. É um vinho complexo e maduro, mas com um delicioso toque de frescura. A proposta ideal para todas as mães que gostam de saborear um Vinho do Porto com personalidade e atitude.

Vinho do Porto Infanta Isabel Tawny 10 Anos pode ser encontrado em garrafeiras e restaurantes.

Rozès distinguida como a melhor empresa de vinhos generosos do ano

"Melhor Empresa de Vinhos Generosos 2012" foi a distinção atribuída pela Revista de Vinhos à Rozès, num jantar no Centro de Congressos e Exposições da Alfândega do Porto, que se realizou na passada sexta-feira, 15 de fevereiro. Esta gala, considerada os "Óscares dos Vinhos" e que se realiza há 16 anos, considerou a Rozès, de entre as empresas produtoras de vinhos, a melhor produtora de Vinho do Porto, principal área de negócio da empresa. A Rozès viu ainda dois dos seus Vinhos do Porto nomeados, o Quinta do Grifo Porto Vintage 2009 e o Rozès Porto Vintage 2009, na categoria dos melhores por Região. O galardão foi entregue pelo presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), Manuel de Novaes Cabral, ao administrador da Rozès, António Saraiva.

Resultado de um ano de provas e de visitas realizadas às adegas e vinhas portuguesas por um grupo de especialistas vitivinícolas da Revista de Vinhos, a Rozès vê agora o seu trabalho e dedicação aos Vinhos do Porto premiados. Com um portfólio único de Vinhos do Porto, a Rozès tem primado, ao longo dos mais de 100 anos de atividade, por produzir e apresentar Vinhos do Douro e do Porto de excelência através de um processo harmonioso que combina as mais avançadas tecnologias com as técnicas ancestrais da produção de vinho, conseguindo, em 2012, um volume de negócio na ordem dos 9 milhões de euros.

Para António Saraiva, administrador da Rozès, "a distinção como "Melhor Empresa de Vinhos Generosos 2012", pela Revista de Vinhos, vem reforçar a notoriedade, qualidade e excelência dos Vinhos do Porto produzidos pela Rozès. A aposta na inovação e a busca por novas abordagens permite ao grupo ir ao encontro do consumidor, respondendo às exigências do mercado vitivinícola nacional e internacional".

Empresa do Grupo Vranken Pommery Monopole desde 1999, a Rozès foi o primeiro grupo exportador de Vinho do Porto a instalar-se na Região Demarcada do Douro, estando, atualmente, presente em mais de 40 países, destacando-se a França, a Bélgica, a Alemanha e a Escandinávia.

Primeiro bolo-rei com Vinho do Porto ROZÈS é lançado no mercado português

Há um novo bolo-rei para provar no Douro. Uma empresa panificadora da região decidiu inovar e juntar à receita original o Vinho do Porto Late Bottled Vintage 2007 da Rozès. O resultado? Um bolo-rei com caraterísticas muito particulares na cor da massa e nos aromas. É, pode dizer-se, o primeiro bolo-rei a ser lançado no país com este Vinho do Porto e espera, este ano, conquistar o paladar dos portugueses. A ideia, arrojada, surgiu da necessidade de inovar e promover os produtos regionais do Douro. A empresa responsável espera vender mais de 100 mil unidades.

O Vinho do Porto Late Bottled Vintage (LBV) Rozès 2007 é produzido em anos de excelente qualidade, sendo originários de uma única colheita. São precisos quatro anos de estágio antes do seu engarrafamento, um processo que confere a este Vinho do Porto o carater superior pelo qual são reconhecidos os LBV's.

Pois foi exatamente devido a estas particularidades que a empresa panificadora "Douromel", em Tabuaço, decidiu escolher o vinho da Rozès para integrar a receita do novo bolo-rei deste Natal. A ideia foi criar um produto com a mesma tradição, mas inovando nos sabores intensos inerentes à utilização deste vinho específico.

Apesar de a receita original ter sido mantida, a introdução deste Vinho do Porto LBV Rozès 2007 tornou o miolo da massa mais escuro, permitindo uma conjugação de sabores, em que o doce e a fruta natural do vinho, combinado com os aromas presentes na massa e nas frutas, conferem um perfil suave ao bolo-rei, ressaltando os sabores e aromas a citrinos e frutos vermelhos.

Assim, o vinho incorporado condiciona, de forma decisiva, o aroma final, pois por um lado liberta compostos voláteis que se associam aos restantes componentes da massa e, por outro lado, condiciona o processo de fermentação. Desta forma, a utilização de diferentes tipos de bebidas, conduzem ao desenvolvimento de diferentes perfis aromáticos no bolo-rei.

A adição de Vinho do Porto LBV Rozès 2007 acontece com o objetivo de divulgar os produtos da Região Demarcada do Douro, tirando o máximo partido do que lá é produzido, nomeadamente o Vinho do Porto - maior embaixador português - bem como proporcionar aos consumidores um produto diferenciado.

Porto Palácio brindou ao 5º aniversário do VIP Lounge com champagne Pommery e Vinho do Porto Rozès

Champagne Pommery e Vinho do Porto Rozès foram os néctares eleitos para comemorar o 5º aniversário de um dos espaços mais elegantes da cidade do Porto, o VIP Lounge do Hotel Porto Palácio, e ao mesmo tempo acompanhar a apresentação dos novos modelos da coleção outono-inverno 2012-2013 de Zegna. Os vinhos servidos durante o evento foram acompanhados por um cocktail da autoria do reconhecido Chef Hélio Loureiro.

O champagne Pommery, eleito para brindar ao aniversário do VIP Lounge, é a bebida ideal para celebração de datas marcantes, apresentando aromas de frutas como maçã, limão amarelo, com pequenas notas de frutos vermelhos. Na boca é muito vivo, elegante e agradável. O néctar ideal para acompanhar frutos do mar, saladas, peixes e aves.

Também durante o evento de comemoração do aniversário do VIP Lounge foi servido o Porto Rozès extra seco (simples e em Portonic) para acompanhar os "amuse-bouche" do Chef Hélio Loureiro. O Porto Rozès extra seco apresenta aromas elegantes, uma boa intensidade aromática, com notas de frutos tropicais, que resultam de um cuidado processo de vinificação. Boa acidez, notas cítricas, muito elegante com um fim de boca deliciosamente seco e persistente.

"Para a Rozès a associação a este tipo de eventos e em locais de referência é sempre muito interessante e uma mais-valia para a marca, como é o caso do Hotel Porto Palácio, membro da cadeia de hotéis Leading Hotels of the World. Não só nos damos a conhecer aos potenciais consumidores, como temos a certeza de proporcionar uma boa experiência ao consumirem os nossos vinhos", afirma António Saraiva, administrador da Rozès.